BLOG YU

People Analytics — o que é, benefícios e como aplicar no RH

Publicado em 19 de janeiro de 2023

Conheça mais sobre essa abordagem que está mudando o mercado e como aplicá-la no seu negócio.


O mercado está cada vez mais conectado e competitivo, fazendo com que a busca por tecnologias inovadoras e métodos de gestão de pessoas aumente, e é aí que o People Analytics — termo em inglês para análise de pessoas — aparece e se destaca. Esse método permite a coleta e análise de dados dos funcionários de uma empresa, tornando o seu negócio mais estratégico.

Na área de RH, o People Analytics é usado para melhorar recrutamento, contratação, promoção, planos de carreira, além de diminuir o turnover. Dessa forma, é possível prever cenários e proteger o negócio contra situações de risco. O Google, por exemplo, é uma das principais empresas que aplicam com sucesso as técnicas analíticas, ajudando a fundamentar decisões sobre a gestão de todos os funcionários.

Em entrevista ao portal Bloomberg BusinessWeek, o CEO da empresa Humanyze, Ben Waber, falou sobre o uso do People Analytics no ambiente de trabalho: “Quando usamos dados para entender os comportamentos dentro do ambiente de trabalho que tornam as pessoas eficientes, felizes, criativas, especialistas, líderes, seguidores, enfim, estamos usando People Analytics”.

Entendendo o que é People Analytics

A análise de pessoas, ou People Analytics, é uma abordagem que surgiu com base no conceito de Big Data. Com a ideia de coletar, armazenar e analisar um volume intenso de dados, essa tendência faz com que todas essas informações sejam usadas para a gestão de pessoas em empresas.

Ao contrário do que muitos pensam, People Analytics não é um método de analisar e monitorar indicadores de desempenho para embasar cobranças e demissões. O principal objetivo é melhorar o ambiente da empresa, criando condições para as pessoas se desenvolverem e apresentarem o que há de melhor nelas.

Relação de Big Data e People Analytics

Ao abordar uma grande quantidade de informações, entramos no assunto de Big Data, termo utilizado em Tecnologia da Informação (TI) que trata sobre grandes conjuntos de dados que precisam ser processados e armazenados, ajudando na tomada de decisões mais assertivas.

Diante disso, surge o uso do People Analytics, que pega as informações armazenadas para analisá-las e transformá-las em dados úteis para o RH. Entretanto, é importante ressaltar que não adianta extrair muitos dados da sua empresa se não souber como utilizá-los para alcançar os melhores resultados possíveis.

Sendo assim, é preciso de uma estratégia para explorar ao máximo os benefícios desta abordagem. Isso pode ser resolvido com o auxílio de um RH especializado em gestão e que ofereça projetos personalizados para a necessidade do seu negócio e esteja atento às transformações do cenário de gestão de pessoas.

Os benefícios do People Analytics no RH

No RH, o People Analytics oferece muitos benefícios, como:

Contratação

A coleta de dados constante de informações vai além dos profissionais que estão na empresa. Essa estratégia de negócio permite ter informações sobre pessoas que se candidatam às vagas de trabalho, oferecendo um material amplo para melhores decisões.

“O People analytics permite entendermos a fundo cada perfil, considerando variáveis como cargo, anos de experiência, salário, modelo de contratação, habilidades etc, de modo que é possível desenhar um escopo e proposta muito mais aderentes e atrativos na hora de contratar um profissional”, explica Bianca Oliveira, gerente de produtos e marketing da Yu.

Retenção de talentos

Perder um bom profissional pode ser prejudicial para o negócio, pois além de um futuro promissor, o recrutador perde tempo e dinheiro com uma nova seleção de candidatos. Há, ainda, o risco de não encontrar um substituto à altura.

Sendo assim, é importante contar com as práticas de People Analytics para organizar a política de retenção de talentos. “É necessário entender como o mercado está se comportando, comparar com o seu time interno e entender o que poderia atraí-los, de modo a se antecipar e criar condições atrativas e semelhantes dentro da própria organização, não perdendo nenhum talento”, complementa Bianca.

Produtividade

Focar em medidas para a satisfação dos colaboradores reflete diretamente na produtividade da equipe. Segundo pesquisas realizadas pela Universidade de Warwick, no Reino Unido, profissionais felizes e motivados no trabalho, tendem a ser 12% mais produtivos que os demais.

Usar o People Analytics para políticas de bem-estar dos funcionários, visando à satisfação deles, é crucial. Com as informações obtidas, é possível gerar um diagnóstico individual de satisfação, criando programas de melhorias e engajamento, atendendo aos anseios e necessidades de todos.

Aumentar o engajamento dos colaboradores

Procurar maneiras para motivar e engajar os colaboradores é um grande desafio para as empresas, afinal, funcionários engajados impactam diretamente no funcionamento do negócio.

Segundo pesquisas do instituto Gallup, empresas que possuem funcionários engajados têm um aumento de produtividade e lucros que chega a 20%. A análise de dados ajuda a alcançar esses objetivos, pois a coleta de informações ajuda a descobrir o que realmente une os colaboradores e os motivam.

Como aplicar o People Analytics?

Para aplicar as estratégias de People Analytics, é fundamental contar uma equipe de RH que esteja preparada para te auxiliar. Dessa forma, contar com uma equipe como a da Yu é um grande diferencial na sua estratégia em busca do sucesso.

“Com nossos sistemas, você consegue acompanhar com transparência e em tempo real todos os dados e status dos processos de contratação. Tudo isso serve para aprimorar a sua estratégia de admissão e garantir o sucesso dos times que a sua empresa precisa montar”, finaliza Bianca

Faça parte da jornada Yu e veja o seu negócio se transformar em uma referência no mercado. Entre em contato com a gente aqui.