BLOG YU

Gestão 4.0: entenda o que é e como aderir!

Publicado em 20 de dezembro de 2022

Conheça mais sobre essa tendência proporcionada pela transformação digital e como isso impacta o seu negócio.

Nos últimos anos, a rápida evolução tecnológica tem mudado significativamente a forma como vivemos e como fazemos negócios. Em meio a esse cenário de mudança, nunca foi tão importante que as organizações entendessem as tendências que moldam o mundo ao seu redor.

Segundo o relatório “Transformação Digital nas Economias e nos Consumidores”, desenvolvido em 2021 pela companhia global de pesquisa de mercado Euromonitor International, 47% das empresas planejam reformular suas estratégias digitais até 2025.

Para entender melhor como esse cenário afeta as organizações, a americana Equinix lançou, no ano passado, a terceira edição da Pesquisa Global Tech Trends (GTTS), na qual capturou percepções de diversas empresas em 26 países.

No estudo, oito em cada dez entrevistados disseram que digitalizar sua infraestrutura de TI era uma prioridade máxima, e quase metade (47%) relatou que acelerou os planos de transformação digital. E tem mais: quase seis em cada dez entrevistados (58%) estão planejando investir em tecnologia para tornar seus negócios mais ágeis.

Esses dados comprovam que a era da transformação digital se mostra cada vez mais importante em nossas vidas, abrindo um leque de oportunidades, principalmente para as companhias. A gestão 4.0 surge nesse contexto e é sobre isso que falaremos a seguir.

O que é gestão 4.0?

Também chamada de “quarta revolução industrial”, a gestão 4.0 é uma maneira de gerir os negócios que começou a se difundir em 2016, baseando-se em tecnologias e na análise de dados para tomar decisões. Esse modelo tem trazido avanços significativos aos processos produtivos, fazendo uma grande diferença na maneira de operar das empresas.

Para Klaus Schwab, fundador e presidente executivo do Fórum Econômico Mundial, as novidades da gestão 4.0 trazem grandes oportunidades para o mercado: “Assim como as revoluções que a precederam, a Quarta Revolução Industrial tem o potencial de elevar os níveis de renda global e melhorar a qualidade de vida das populações em todo o mundo”.

Qual a importância de investir na gestão 4.0?

Como dissemos, o avanço das tecnologias e da internet tornou o processo de digitalização do mundo muito mais rápido. Isso permitiu que os negócios pudessem se desenvolver cada vez mais centrados e focados nas principais necessidades dos seus consumidores.

Para se ter uma noção do tamanho disso, até junho de 2022, de acordo com pesquisas do Internet World Stats, 69% da população mundial estava conectada à internet, tornando a gestão 4.0 um processo essencial para todas as empresas e gestores.

O fato é que a digitalização do mundo trouxe inúmeras mudanças na maneira como trabalhamos, nos relacionamos, fazemos compras e uma grande influência na maneira de fazer gestão.

E, ter a tecnologia ao alcance, aliada à quantidade de dados coletados, permite que os gestores tenham informações realmente relevantes. Tudo isso faz com que a chance de tomar decisões assertivas e fundamentadas seja maior, aumentando a probabilidade de conseguir bons resultados.

Segundo estudos da PWC, as empresas que são guiadas por dados possuem três vezes mais chances de relatar melhorias significativas. Portanto, entender o que é a gestão 4.0 e como aplicar os seus pilares é um grande diferencial para o futuro do seu negócio.

Os pilares da gestão 4.0

A gestão 4.0 se estrutura em diferentes bases para oferecer inovação nas metodologias de trabalho. Todas oferecem a flexibilidade das relações como resultado, estruturando-se em diferentes métodos. Entre os principais pilares, temos:

Automação de processos

É fácil notarmos a automação em nosso cotidiano, nas mais diversas áreas. Seja para transações bancárias, pedir refeições em aplicativos, ou qualquer outra atividade, a automação está inserida em nossa rotina.

Quando falamos de empresas e indústrias, a evolução de recursos tecnológicos fica nítida ao trazer agilidade para a gestão de processos: desde o controle do estoque ao disparo automático de e-mails.

A facilidade de gestão oferecida pela automação de processos permitiu que o tempo gasto em ações repetitivas pudesse ser distribuído em outros departamentos, dando mais liberdade criativa para os colaboradores.

Concluindo,  é possível garantir a conectividade de toda empresa pela robótica e Inteligência Artificial,  diminuindo intervenções humanas, chances de erros, dando mais segurança e aumentando a velocidade de produção. A sincronização de softwares, robôs e até chatbots são grandes exemplos de automação de processos.

Análise de dados

Parte crucial de uma boa estratégia, as informações tornaram-se os bens mais valiosos dos negócios, independentemente do segmento. Em um mundo on-line, onde os dados são coletados a todo momento, é possível descobrir informações essenciais para o seu negócio.

Com o sistema de gestão 4.0, todos os processos da empresa são baseados em dados e informações concretas. Assim, é possível decidir onde é preciso investir mais recursos e aprimorar determinadas áreas do negócio.

Também é viável utilizá-los em estratégia de RH para encontrar profissionais que estejam mais alinhados ao perfil da vaga e da empresa. Assim, dá para ser mais assertivo na hora de encontrar pessoas capacitadas para complementar o time.

Equipes de alta performance

Apesar de tantas mudanças no mercado, o capital humano ainda é um dos recursos mais valiosos que qualquer negócio pode ter. As pessoas são responsáveis por colocar os planos em ação e, na gestão 4.0, produtividade é fundamental no mercado competitivo.

Possuir uma equipe de alta performance na gestão 4.0 é um grande diferencial, e isso começa no recrutamento de colaboradores. Por isso, encontrar perfis capacitados para as vagas e aos posicionamentos da empresa é um trunfo importante que deve ser explorado.

Além disso, o investimento no capital humano faz parte de toda a estratégia. Dessa forma, conhecer o público e o que gera valor para ele, realizar treinamentos, oferecer cursos e incentivar os colaboradores a buscarem mais conhecimento é algo que ajuda a conquistar melhores resultados, mantendo a equipe motivada e com sentimento de valorização profissional.

Como investir na gestão 4.0?

A transformação digital é muito mais do que apenas mudanças tecnológicas para o seu negócio. Ela é um movimento cultural que vai de encontro às exigências de uma nova realidade, na qual a tecnologia avança mais rápido que nunca.

Entretanto, vale ressaltar que conseguir posicionar a sua empresa com e sem a tecnologia é um grande diferencial: “Entendemos a tecnologia como aliada e não substituta do ser humano; em alguns processos, vemos como essencial o tratamento téte a téte”, enfatiza Bianca Oliveira, gerente de produtos e marketing na YU.

E tem mais: para investir no sistema de gestão 4.0, os processos de coleta de dados são fundamentais, pois eles praticamente vão determinar o futuro da sua organização.

“Na YU, utilizamos os dados para nos ajudar a entender o mercado e tocar o processo seletivo de forma mais estratégica. Assim, entendemos um pouco mais sobre o posicionamento da marca e o interesse dos candidatos”, complementa Bianca.

Ficou curioso? Na YU, nos esforçamos ao máximo para responder todas as dúvidas relevantes do RH em cenários de transformação. Auxiliamos os profissionais a entenderem as tendências, cultura, estrutura e outros pontos que só um estudo de mercado completo pode oferecer.

Muito interessante, não é mesmo? Conheça mais sobre os nossos serviços e como entrar de vez na gestão 4.0. Clique aqui e fale conosco.